Fechar

Busca no site:

SBPT cria Comissão Científica de Novas Lideranças

A Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia criou uma comissão científica exclusiva para profissionais de Pneumologia titulados com até 40 anos de idade.

O objetivo é impulsionar a carreira do pneumologista, inserindo-o como coordenador de sessões, casos clínicos, pôsteres e aulas dos eventos da SBPT. O projeto também visa despertar o interesse dos jovens profissionais pela produção de ciência, análise da epidemiologia clínica e aplicação do método GRADE de análise de evidências.

A iniciativa é importante porque renova as ideias para cursos, congressos, diretrizes, normas, consensos e demais atividades associativas da SBPT. Como benefício, o membro da Comissão de Novas Lideranças recebe pontuação extra no Programa Atualizar.

Para ingressar na nova comissão, basta fazer a opção na Área do Associado. A participação não impede a escolha de outras comissões de interesse.

É obrigatório ser adimplente e ter título de especialista em Pneumologia emitido pela Sociedade. É necessário, ainda, fornecer o link de acesso ao currículo Lattes no momento da inscrição.

Os médicos residentes em Pneumologia e estagiários de serviços credenciados de Pneumologia também poderão participar da Comissão como membros aspirantes. Mas, caso não obtenham o título de especialista pela SBPT em até dois anos, serão automaticamente desligados, podendo fazer nova aplicação ao grupo após passarem na prova.

Inicialmente, a equipe será coordenada pelo atual Diretor Científico da SBPT, Dr. José Antônio Baddini, juntamente com cinco membros escolhidos por meio do currículo.

Entre as atividades que os membros da Comissão de Valorização de Novas Lideranças poderão desempenhar, destacam-se:

  • Propor projetos para auxiliar residentes e jovens pneumologistas no progresso da carreira.
  • Propor temas e atividades a serem desenvolvidas nos cursos e congressos da SBPT.
  • Desenvolver casos clínicos a serem disponibilizados no site da SBPT.
  • Participar de atividades de educação continuada.
  • Coordenar sessões, preparar e apresentar casos clínicos, ministrar aulas, supervisionar atividades práticas, avaliar pôsters e discutir apresentações orais de trabalhos científicos em cursos e congressos da SBPT.
  • Auxiliar na redação de documentos oficiais da SBPT, tais como Diretrizes, Consensos, Normas e Recomendações.

Clique no banner para fazer a opção de ingresso na Área do Associado: