Roteiro de Apresentação Slides

COMO MONTAR UMA APRESENTAÇÃO – POWER POINT

As boas apresentações se parecem; as ruins são ruins cada uma à sua maneira. Os truques para fazer uma apresentação ruim são:

  • Falta de preparação, preparar um tema pensando na audiência errada, fazer uma conferência longa ou muito curta, ou melhor ainda, ignorar o tópico escolhido completamente.
  • Auxílios visuais de má qualidade, muito numerosos ou com muita informação.
  • Resmungar, ler de um manuscrito e evitar olhar para platéia durante a apresentação são sinais certos de uma apresentação chata.
  • Uma má apresentação raramente produz perguntas.

PREPARAÇÃO

  • A chave para uma boa conferência é preparar bem e ensaiar muito.
  •  Verifique cuidadosamente o conteúdo do encontro no qual você vai falar, o tema e tempo disponível. Respeite sempre o tempo, especialmente em mesas redondas. Exceder o tempo significa falta de profissionalismo.
  • Procure entender quem constitui a audiência para selecionar o nível correto de sua apresentação. Coloque-se no lugar da audiência e pergunte a si mesmo o que gostaria de ouvir e aprender.
  • Pense cuidadosamente no título e conteúdo de sua fala.

AUXÍLIOS VISUAIS

  1. Formato geral
  • Quantos menos slides melhor. Lembre-se da regra: ?um slide por minuto?. Dificilmente a platéia acompanha os recordistas da fala e acaba se desligando.
  • Slides simples e ordenados são mais fáceis de ler.
  • Não abuse das cores.
  • Não utilize mais do que três cores.
  • Escolha as cores com melhor contraste. Escolha as cores cuidadosamente, evite duas cores escuras. O tradicional é usar uma cor leve sobre um fundo escuro como amarelo ou branco em um fundo azul. Muitas variações diferentes dessas cores são disponíveis. Se a sala é clara use preto sobre branco. Lembre-se que os sinais de trânsito em muitos paises são amarelos em fundo verde escuro ou preto em fundo branco.
  • Mantenha a orientação horizontal.
  • Use o mesmo formato para todos os slides ? combinação de cores, tipo de fonte e formatos
  • Cuidado com as animações dos slides. Muita animação ou tipos de entras e saídas diferentes transformam sua aula em desenho animado com pouca atenção sobre o conteúdo.
  1. Texto
  • Cada texto do slide deve ter preferivelmente seis linhas, nunca mais do que oito. Se necessário divida o texto em dois ou mais slides.
  • Coloque as palavras-chave em uma linha única. Não escreva sentenças completas.
  • Em resumo: use a regra do 7 – ?não mais do que sete linhas por slides e não mais do que sete palavras por linha?.
  • Selecione um formato de fonte claro.
  • Evite letras maiúsculas. As letras minúsculas são sempre lidas mais facilmente.
  • Utilize o maior tamanho de letra possível e. se possível, em negrito e sombreado o que facilita a leitura à distância.
  • Alinhe o texto pela margem esquerda; a margem direita não precisa ser justificada.
  1. Figuras
  • Prefira uma figura a uma tabela.
  • Um gráfico para cada slide.
  • Use símbolos diferentes para linhas diferentes e não cores diferentes, a não ser que não haja cruzamento de linhas.
  • Forneça indicações de variabilidade, se possível.
  • Assinale os eixos horizontalmente.
  • Evite imagens em três dimensões.
  1. Tabelas
  • As tabelas devem ser muito simples.
  • As tabelas usadas em publicações em geral não são aceitáveis para apresentação porque em geral são extensas e ilegíveis à distância.
  • O alinhamento das colunas é essencial.
  • Use legendas explícitas e forneça as unidades de medida.

COMO SE APRESENTAR

  • Chegue ao local antecipadamente e sinta o clima do evento e as condições da sala. Converse com o coordenador.
  • Verifique todos os equipamentos antes de sua apresentação e deixe tudo pronto antes de iniciar.
  • Seja autoconfiante.
  • Ao falar seja audível, inteligível e sedutor.
  • Mantenha contato visual com a audiência.

COMO TRANSMITIR UMA MENSAGEM

  • Seja claro e simples.
  • Aplique a regra de ouro do português do Alentejo: seja básico e estúpido isto é, para você que é especialista no tema, pode parecer que está transmitindo coisas banais, mas a audiência pode achar interessante e com muitas novidades.
  • Transmita duas ou três mensagens básicas e claras que serão retidas ao final da apresentação. Lembre-se: ?quem esgota o tema é antes de tudo um chato?.
  • Mantenha o nível correto de emoção e interesse.
  • Utilize um roteiro para sua fala nos slides iniciais para demonstrar para a platéia o que será abordado. Ao longo da explanação situe os expectadores repetindo onde você está no roteiro.
  • Fale devagar, e faça pausas que permitam a ?digestão? do que você acaba de dizer.
  • Fale pouco. Utilize o mínimo de palavras necessárias para explicar um conceito.
  • Não enrole e não se enrole. A repetição desnecessária do mesmo conceito é cansativa.
  • Utilize o apontador sublinhando rapidamente os pontos essenciais. Desligue o apontador após cada intervenção, não faça círculos com o laser e, sobretudo não deixe ninguém da platéia cego.
  • Explique todos e cada um dos detalhes que estão nos slides.
  • Se a conferência se divide em vários blocos, ao final de cada um faça um resumo parcial do que foi exposto.
  • Ao final faça um resumo dos dois ou três pontos essenciais de sua fala.

COMO LIDAR COM AS PERGUNTAS

  • Pense antecipadamente nas perguntas que poderão ser feitas.
  • Preencha as expectativas da audiência.
  • Seja breve, cortês e cauteloso nas respostas.
  • Se você é membro de um painel responda de maneira relevante e não interrompa seus colegas.

REFERÊNCIAS

  1.  Hall GM. (Editor) How Present At Meetings. BMJ Books, 2001, 79p.
  2.  Agustí AGN. Todo por la audiencia. Algunas recomendaciones para uma presentación em público eficaz. Arch Bronconeumol, 2002;38:49-50.

Elaborado por:
Carlos Alberto de Castro Pereira
Prof. da Escola Paulista de Medicina e Pneumologista do HSPE.