Paraná – Apresentação

SOCIEDADE PARANAENSE DE TISIOLOGIA E DOENÇAS TORÁCICAS (SPTDT)


Relatos Históricos da sua fundação

A história da SPTDT confunde-se com a luta contra a tuberculose no Paraná. Na época houve um crescente interesse na padronização dos conhecimentos sobre a tísica que assolava o país e a divulgação das condutas terapêuticas, tanto na área clínica como cirúrgica, na tentativa de amenizar este flagelo. O caminho racional foi a criação de uma sociedade para congregar idealistas o que permitiu ao Paraná uma visibilidade no cenário nacional, antes ofuscado pelos grandes centros, como São Paulo e Rio de Janeiro. Segundo informações verbais de pioneiros e registros constantes no segundo Livro de Atas da SPTDT, no qual são relatados fatos, que foram minuciosamente recuperados em Janeiro de 1950 por Evaristo Franco Ferreira da Costa após perda total de documentos constante no 1º Livro durante um incêndio.

A SPTDT foi fundada em 9 de abril de 1942 por 23 médicos do Paraná, cuja Ata foi registrada no Cartório das Pessoas Jurídicas do 1º Ofício da Capital, sito à Rua Mal. Floriano Peixoto,134 – Sala 204. A sessão solene e jantar aconteceram nas dependências da sede do Círculo Militar com a presença de vários representantes da classe médica paranaense e amplamente divulgada pela imprensa da época.

Os vinte e três sócios fundadores, pela ordem das assinaturas na Ata de Fundação foram os seguintes: Vitor do Amaral Filho, Homero Braga, Carlos Franco F. da Costa, Oswaldo Macedo, Mario Braga de Abreu, Djalma Lopes, João Ernani Bettega, Ito Carias de Oliveira, Atlântido Borba Côrtes, Arthur Schwab, Pedro Xavier Gonçalves, Eugênio Lopes, Bley Zornig, Otávio Novais Junior, José Seito Gligio, Adalberto Amadeu Pereira, Waldemar Monastier, Milton Munhoz, Pedro Leone, Pretextato de Athayde, Hamilton Azevedo, Antonio Pimpão e João Luiz Bettega.

Na mesma ocasião foi eleita e empossada a 1ª. diretoria, assim composta:

– Presidente: Carlos Franco Ferreira da Costa
– Secretario: Homero Braga
– Tesoureiro: Atlântido Borba Côrtes
– Bibliotecário: João Ernani Bettega
– Conselho Fiscal: Vitor do Amaral Filho, Mario Braga de Abreu e Ito Carias de Oliveira

Os ideais da SPTDT foram desde o início bem claros e constantes dos Estatutos, cujos itens podemos assim resumir:

– Congregar especialistas em Tuberculose e Doenças Torácicas;
– Incentivar estudos na área da Tísica;
– Divulgar estudos entre especialistas e classe médica em geral;
– Propor ações na esfera municipal, estadual, federal e particular como melhor combater a tuberculose e doenças torácicas;
– Estimular os estudos na área;
– Premiar as melhores propostas;
– Formar uma biblioteca.