Normas para credenciamento

Normas para Credenciamento de Laboratórios de Função Pulmonar

1 – Diretor Médico, presente durante horário de funcionamento de rotina;
2 – Disponibilidade de espirômetros, que preencham as normas da SBPT/ABNT (I Consenso de Espirometria – Maio/Junho 1996);
3 – Comprovar publicações em revistas Nacionais ou estrangeiras de estudos referentes à função pulmonar, com mérito julgado pela SBPT;
4 – Realização de pelo menos 120 (cento e vinte) exames por mês;
5 – Técnicos concursados e aprovados pela SBPT;
6 – A disponibilidade de sistema para medida de volumes pulmonares, difusão de CO e teste de broncoprovocação é desejável.

Nota: prazo máximo para resposta, após recebimento da documentação pela SBPT: 60 dias.

É necessário o agendamento de uma visita de um Diretor da SBPT ao laboratório.